Eleições para o Diretório Central dos Estudantes da UPE ocorrem nesta quinta e na sexta-feira de forma online

Das 8h desta quinta-feira (08), até as 23h da sexta-feira (09), ocorrem as eleições da gestão do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade de Pernambuco (UPE). Devido à pandemia da Covid-19, o pleito será realizado através de plataforma online.
 
Os estudantes dos cursos de graduação presencial, regularmente matriculados no período 2020.2, poderão depositar seu voto numa plataforma online, onde deverão preencher todos os campos do formulário para validação do seu voto.
 
Para participar das eleições do DCE UPE, clique https://forms.gle/25V6NowVtKKXUkiy5.

Campus Mata Norte da UPE promove evento final da I Feira de Ciências e Tecnologia

Com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a participação de 11 escolas de Ensino Fundamental e Ensino Médio de Nazaré da Mata, o Campus Mata Norte da Universidade de Pernambuco (UPE) conclui na quinta-feira (8), no Dia Nacional da Ciência, a sua I Feira de Ciências e Tecnologia. Haverá a apresentação de trabalhos de 38 estudantes, dois deles utilizando a língua brasileira de sinais (Libras).
 
O evento ocorrerá das 9h às 18h, com transmissão pelo canal do YouTube do Campus Mata Norte: https://www.youtube.com/channel/UCyy9ElwM7pey8g3zRHIV4gw.
 
Na programação do encerramento da feira constam palestras sobre alfabetização científica e tecnologia nas escolas, exibição dos trabalhos inscritos em salas do Google Meet, apresentação do Conservatório Pernambucano de Música e premiação dos vencedores.
 
O tema da feira nesta sua primeira edição é “Ciência em Si, Ciência Aqui, Ciência e Tecnologia em Nazaré da Mata”. Totalmente gratuito, o evento teve atividades realizadas desde o mês de abril para estudantes do município (minicursos, oficinas e rodas de diálogo) e palestras abertas ao público transmitidas pelo canal do YouTube do Campus Mata Norte da UPE.
 
A I Feira de Ciências e Tecnologia da UPE Campus Mata Norte é filiada à 27ª Ciência Jovem, uma das mais antigas e maiores Feiras de Ciências do Brasil, realizada pelo Espaço Ciência.
 
Em parceria com a Gerência Regional de Ensino da Mata Norte, Secretaria de Educação de Nazaré da Mata e o Espaço Ciência, a ação da UPE visa a popularização da ciência e melhoria dos ensinos Fundamental e Médio.
 
As equipes das escolas inscritas submeteram projetos nas seguintes categorias: Ensino Fundamental anos iniciais, Ensino Fundamental anos finais e Ensino Médio. Haverá ainda premiação nas categorias Meninas na Ciência e Voto Popular.
 
Mais detalhes sobre a I Feira de Ciências e Tecnologia da UPE Campus Mata Norte podem ser obtidos no perfil oficial no Instagram: @upefct2021.

Estudantes bolsistas do Campus Garanhuns da UPE são vencedores do prêmio Talento Jovem Cientista

Dois estudantes dos cursos de Ciências Biológicas e de Medicina do Campus Garanhuns da Universidade de Pernambuco (UPE) foram premiados na 25ª Jornada de Iniciação Científica da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco.

Foram avaliadas pesquisas realizadas com bolsas concedidas pela Facepe em seis áreas do conhecimento: Ciências Agrárias, Ciências Biológicas, Ciências da Saúde, Ciências Exatas, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas e Engenharias. Cada uma destas categoria teve dois vencedores.

O bolsista João Marcelo Alves Xavier Barbosa, orientado pela professora Priscilla Barbosa Sales de Albuquerque, foi um dos vencedores na categoria Ciências Biológicas. O seu trabalho foi “Avaliação da atividade gastroprotetora da galactomanana extraída das sementes de Cassia grandis oriundas do Agreste de Pernambuco”. Cassia grandis é o nome científico da acácia rosa, uma árvore de grande porte.

Já Walfrido José Bezerra da Costa Neto, com o trabalho “Avaliação estromal do conteúdo do colágeno no câncer de mama e relação com dados clinicopatológicos”, foi um dos vencedores na categoria Ciências da Saúde. Sua orientadora foi a professora Sinara Monica Vitalino de Almeida.

A Jornada teve como tema “Pandemia: avanços e consequências”. Ao todo, a Facepe concede 500 bolsas no valor de R$ 500 cada.

Cada um dos 12 premiados terá direito a um Auxílio a Participação em Congresso (ACP) Nacional com valores equivalentes a passagens, diárias e inscrição que deverão ser usufruídas em até um ano da premiação em evento correlato ao seu projeto de pesquisa. Por conta da pandemia, está sendo liberado para eventos virtuais.

O diretor científico da Facepe, Paulo Cunha, ressaltou a importância da Iniciação científica na carreira de quem pretende seguir a carreira de pesquisador. Ele também destacou a consolidação do Pibic da fundação. “Esse trabalho vem sendo feito há anos pelas nossas comissões, pelos nossos editais. Os grupos estão de parabéns pelos trabalhos realizados”, disse ele ao se referir aos alunos e orientadores envolvidos nos projetos vencedores.

A lista de todos os vencedores pode ser conferida clicando neste link: Confira a premiação da 25ª Jornada de Iniciação Científica | FACEPE

UPE aprova Política de Creditação da Extensão Universitária nos seus cursos de graduação

 

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da Universidade de Pernambuco (UPE) alterou a política de curricularização da Extensão nos seus cursos de graduação. Agora ela passa a se chamar Política de Creditação. A mudança, aprovada em sessão realizada no dia 29 de junho, atualiza a resolução que estava em vigor desde 2017, valorizando a transferência do conhecimento gerado na UPE para a comunidade na forma de programas, projetos, cursos, eventos, prestação de serviço e oficinas.   

Pela nova resolução CEPE 049/2021, as atividades de extensão, em suas variadas modalidades, devem ser parte integrante dos currículos de todos os cursos de graduação da UPE num percentual mínimo de 10% da carga horária total do curso. Carga horária mínima da extensão deverá ser de 30 horas e máxima de 90 horas por semestre.

Os cursos de graduação deverão proceder à adequação dos seus Projetos Pedagógicos de Cursos (PPC) com a introdução de atividades de extensão nos seus currículos, a partir da publicação desta nova resolução ou no período de reconhecimento ou renovação do reconhecimento junto com o Conselho Estadual de Educação de Pernambuco (CEE-PE).

Os cursos de graduação na modalidade a distância devem realizar as ações de creditação da extensão presencialmente, em região compatível com o polo de apoio presencial, onde o estudante esteja matriculado, respeitando-se as demais regulamentações que orientam a educação a distância da UPE, em acordo com o Art. 9º da Resolução CNE/CES Nº 7/2018.

RESOLUÇÃO CEPE 049/2021

Docentes, discentes e egressos das pós-graduações em Educação Física e Hebiatria da UPE têm participação de destaque na elaboração de guia do Ministério da Saúde

A Sociedade Brasileira de Atividade Física e Saúde (SBAFS), com apoio do Centro Esportivo Virtual (CEV), realiza na quarta-feira (7), às 14h30,  a “Apresentação Científica do Guia de Atividade Física para a População Brasileira”. O evento no canal do YouTube da SBAFS será promovido pelos pesquisadores e pesquisadoras que redigiram a obra para o Ministério da Saúde.

Dos 62 participantes dos Grupos de Trabalho, 15 eram discentes, egressos ou docentes do Programa Associado de Pós-graduação em Educação Física da Universidade de Pernambuco e Universidade Federal da Paraíba (PAPGEF/UPE/UFPB) ou do Programa de Pós-Graduação em Hebiatria da Universidade de Pernambuco (PPGH/UPE), totalizando 24% do total da equipe envolvida na elaboração do conteúdo do documento. 

Ao todo, a UPE foi representada por quatro professores, quatro alunos e sete pesquisadores da área de saúde que tiveram sua formação acadêmica na universidade estadual pernambucana. No comitê científico que coordenou os grupos de trabalhos estava Maria Cecília Marinho Tenório, egressa do Programa de Pós-graduação em Hebiatria da UPE.

Primeiro mestrado em Educação Física instituído no Nordeste, em parceria com a UFPB, o PAPGEF da UPE teve a sua aula inaugural realizada no dia 3 de março de 2008. Suas linhas de pesquisa são duas: Saúde, Desempenho e Movimento Humano e Cultura, Educação e Movimento Humano.

O objetivo principal do programa associado de pós-graduação é atuar na formação de pesquisadores e na qualificação de recursos humanos especializados na área de Educação Física, com autonomia em sua área de concentração e capacidade para planejar, desenvolver e executar atividades relacionadas à pesquisa, ensino e extensão no âmbito da Educação Física, de forma interdisciplinar e com visão multirreferencial.

Já o mestrado em Hebiatria da UPE iniciou as atividades em fevereiro de 2005 e trabalha atualmente com três linhas de pesquisas voltadas para a Saúde na Adolescência. 

Coordenado pelo professor Pedro Hallal, da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), o Guia de Atividade Física para a População Brasileira tem 52 páginas e foi produzido por mais de 70 pesquisadores divididos entre o comitê científico e os oito grupos de trabalho.

Além de disponível no formato digital, o guia terá 74 mil exemplares distribuídos para secretarias estaduais e municipais de Saúde. Com textos didáticos e ilustrado, o material traz informações que ajudam a diferenciar o que é exercício físico de atividade física. O guia também tem versões em audiobook e braile, garantindo o acesso às pessoas com deficiência, além de edições em espanhol e inglês.

Segundo o Ministério da Saúde, trata-se do primeiro documento oficial que visa estimular a atividade física em nível populacional com recomendações nacionais que contribuem para a busca de uma vida ativa.

O guia é dividido em oito capítulos, com recomendações para diferentes públicos, de bebês a idosos. Há conteúdos voltados para o público em geral; crianças até 5 anos; crianças e adolescentes até 17 anos; adultos; idosos; gestantes e puérperas; educação física escolar e pessoas com deficiência.

ESTRUTURA DO GUIA (Disponível neste link: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_atividade_fisica_populacao_brasileira.pdf)

Conceitos

Capítulo 1 - Entendendo Atividade Física

Ciclos de vida 

Capítulo 2 - Atividade Física para Crianças até 5 anos

Capítulo 3 - Atividade Física para Crianças e Jovens de 6 a 17 anos

Capítulo 4 - Atividade Física para Adultos

Capítulo 5 - Atividade Física para Idosos)

Educação Física Escolar 

Capítulo 6 - Educação Física Escolar

Gestantes

Capítulo 7 - Atividade Física para Gestantes e Mulheres Pós-Parto, incluindo contraindicações)

Pessoas com deficiência

Capítulo 8 - Atividade Física para Pessoas com Deficiência