Professor da Universidad de Barcelona participa de colóquio internacional sobre cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial promovido por FOP e HUOC

O Departamento de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial da Faculdade de Odontologia da Universidade de Pernambuco (FOP/HUOC/UPE) promove na segunda-feira (02/08), no auditório da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), um colóquio internacional com a presença do professor da Universidad de Barcelona, Eduardo Valmaseda Castellon.

Autor de mais de 90 artigos científicos, membro de comitês editoriais de revistas especializadas em medicina oral e com especializações em cirurgia bucal e implantes bucofaciais, Castellon fará uma apresentação de 90 minutos sobre o tema “Complicações da extração de terceiros molares”.

Com transmissão aberta no canal UPE nas Redes no YouTube, a palestra começará às 9h. Depois de sua fala, o convidado participará de uma discussão com os professores da FOP/HUOC/UPE, Belmiro Vasconcelos e Emanuel Dias, também com exibição no YouTube.

Entre 11h30 e 12h30, o especialista espanhol se reunirá com docentes da Universidade de Pernambuco para avaliar a possibilidade de ampliação da colaboração científica entre a Universidad de Barcelona (a 197ª melhor do mundo) e a UPE (considerada a 107ª melhor da América Latina).

Alunos de graduação e pós-graduação da disciplina de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial da FOP também têm atividades no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), integrante do complexo hospitalar da UPE. É no HUOC que os estudantes da FOP cumprem os programas de Residência, Mestrado, Doutorado e Pós-doutorado em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial e laboratórios de pesquisas parceiros no Brasil e exterior.

Comissão eleitoral da Fensg divulga edital de convocação para eleição da coordenadoria do curso de Bacharelado em Enfermagem

A comissão eleitoral da eleição  da Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças da Universidade de Pernambuco (Fens/UPE) divulga o edital de convocação da eleição para os cargos de coordenador e vice-coordenador do curso de Bacharelado em Enfermagem para o biênio 2021/2023.

Concorreram ao cargo de coordenador (a) e vice-coordenadora (a) do curso, Betise Mery Alencas Sousa Macau Furtado e Rosário Antunes Fonseca Lima.

Leia mais...

Grupo de Estudos de Redes Integradas de Serviços de Saúde abre inscrições para estudantes da UPE na área de ensino, pesquisa e extensão

A coordenação do Grupo de Estudos de Redes Integradas de Serviços de Saúde (GERISS) informa que estão abertas as inscrições, até o dia 20/08, para o processo que permite a integração de estudantes da UPE nas suas atividades de ensino, pesquisa e extensão. 

A inscrição deverá ser realizada pelo candidato através do link: https://forms.gle/59LE3MURYMuKp5rw7. O resultado do processo será divulgado no dia 02/09/2021. A participação dos selecionados será de 12 meses podendo ser renovado por mais 12 meses após avaliações realizadas quanto a efetiva participação do selecionado nas atividades do grupo.

O GERISS é um grupo, credenciado pelo CNPq, que vem nos últimos anos pesquisando aspectos relacionados com redes integradas de serviços de saúde (RISS) no Sistema Único de Saúde (SUS), particularmente no que se refere aos seus objetivos intermediários de acesso, coordenação e continuidade assistencial, e finalísticos de equidade de acesso e eficiência.

Leia mais...

Pesquisa da Poli/UPE sobre o uso da casca de sururu na construção civil será destaque no programa Univerciência

A mistura da trituração da casca do sururu com outros insumos resulta em um material muito semelhante a areia e que pode ser utilizado na construção civil. Este novo produto foi obtido graças ao trabalho de pesquisadores da Universidade de Pernambuco (UPE) na Ilha de Deus, comunidade pesqueira recifense que enfrenta problemas com o acúmulo deste descarte do molusco.

As professoras da Escola Politécnica de Pernambuco (Poli/UPE) Emília Kohlman Rabbani e Ariane Cardoso e os engenheiros civis e pesquisadores Marcionillo Pedrosa e Caio Victor Vasconcelos vão apresentar este experimento na primeira participação da Universidade de Pernambuco no Univerciência.

O programa, que é transmitido sempre aos sábados, às 14h30, pela TVE Bahia (com exibição simultânea no canal UPE nas Redes no YouTube), destaca a produção científica das universidades nordestinas. A produção do conteúdo é colaborativa e a veiculação acontece em TVs públicas, educativas, culturais e universitárias, e nos canais das emissoras e das universidades na internet.

Por ano, 400 novas toneladas de cascas de sururu se acumulam no entorno da Ilha de Deus e na área de mangue. A matéria orgânica decomposta presente nas conchas leva a um processo chamado eutrofização, que é quando o rio recebe uma carga maior de resíduo orgânico do que ele suporta, reduzindo a taxa de oxigênio essencial para a manutenção da biodiversidade.

O desafio de dar uma nova destinação para a casca de sururu foi proposto em 2017 pela Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Recife para o Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil da Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco (Poli/UPE).

O grupo de ensino, extensão e pesquisa Desenvolvimento Seguro e Sustentável (DESS), formado por professores, pesquisadores e alunos de graduação, especialização e mestrado da Poli e de universidades nacionais e internacionais parceiras, procurou alternativas sustentáveis para o descarte típico da Ilha de Deus.

Através de experimentos realizados no Laboratório de Materiais de Construção Civil da Poli/UPE, chegou-se a um agregado para materiais cimentícios que pode ser usado na produção de blocos de piso.

Depois de passar por triagem, lavagem, secamento em estufa, trituração e peneiramento, a “areia de sururu” pode substituir em até 12% o volume de areia necessária para fabricação dos blocos, feitos em empresas de pré-moldados parceiras. No Univerciência, os pesquisadores detalham como acontece este processo e as perspectivas para o uso do produto.